Produtores participam de lançamento dos pimentões Taurus e Camaro Reviewed by Momizat on . Aconteceu entre os dias 10 e 11 de julho, em Santa Cruz do Rio Pardo e Pirajuí, respectivamente, o lançamento dos pimentões Taurus e Camaro. Os eventos foram re Aconteceu entre os dias 10 e 11 de julho, em Santa Cruz do Rio Pardo e Pirajuí, respectivamente, o lançamento dos pimentões Taurus e Camaro. Os eventos foram re Rating: 0
Você está aqui:Home » Brasil » Produtores participam de lançamento dos pimentões Taurus e Camaro

Produtores participam de lançamento dos pimentões Taurus e Camaro

Aconteceu entre os dias 10 e 11 de julho, em Santa Cruz do Rio Pardo e Pirajuí, respectivamente, o lançamento dos pimentões Taurus e Camaro. Os eventos foram realizados por meio de parceria entre a marca Sakata e Hidroceres.

Nos dois dias de evento os 200 produtores presentes puderam conhecer um pouco mais sobre as características e vantagens dos materiais, além de terem acesso às informações relevantes referentes ao cultivo, através de palestras com estudiosos do segmento.

Os palestrantes foram Prof°. Dr. Chukichi Kurosawa, professor aposentado pela FCA/Unesp, consultor do Globo Rural da TV Globo e consultor técnico da Basf na área de HF, que falou sobre Doenças de Pimentão em Cultivo Protegido e Profª. Dra. Rumy Goto, aposentada pela FCA/Unesp, consultora de HF com o tema: Enxertia em Pimenteiros.

“Estamos muito felizes de receber estes convidados para levar mais conhecimento a vocês sobre a tecnologia e técnicas do nosso segmento. Também satisfeitos com a parceria com a Sakata que tem investido nas pesquisas de melhoramento na busca do produto ideal”, disse o empresário, Junior Bassetto, Hidroceres.

O engenheiro agrônomo Dr. Renato Braga, melhorista da cultura do pimentão da Sakata, também falou aos presentes sobre o planejamento até chegar aos produtos recém-lançados.

Entre as características dos novos pimentões estão: resistência às pragas Oídio e PVY, resultando na redução do uso de agrotóxicos, alta produtividade e pegamento sequencial.

“Mostramos aqui a evolução e plano de melhoramento até chegar nestes materiais, possibilitando produção mais limpa e saudável. Ficamos contentes com o grande público presente o que mostra o interesse do produtor no desenvolvimento”, destacou Renato.

O Prof. Dr. Chukichi Kurozawa falou sobre as resistências dos novos pimentões. “Fico bastante tranquilo em relação a estes lançamentos, pois possuem resistência contra um ‘importante’ fungo o Oídio, bastante prejudicial à lavoura”.

Já a professora Rumy contou um pouco sobre os estudos que levaram à enxertia em pimentão. “Com a planta enxertada, temos maior absorção de nutrientes e resistência ao estresse. No entanto, é necessária atenção ao manejo nutricional que muitas vezes é feito de maneira errada pelo produtor. Também é preciso que o produtor compreenda o custo benefício em relação a muda enxertada, para que possa atingir maior lucro”, pontuou.

Para a professora o evento é também é um momento de troca de experiências entre os produtores. “Isto é salutar, pois o produtor é carente de assistência e sofre com a falta de incentivo, estes encontros, além de serem oportunidade de conhecimento também servem para manter contato com experiências uns dos outros”.

Ao final das palestras foram realizados sorteios de brindes aos produtores. Após foi servido jantar para a confraternização dos presentes.

Condições de viveiro da Hidroceres

agradam parceiros e palestrantes

 

Na terça-feira (11 de julho), representantes da Sakata visitaram o viveiro da Hidroceres, assim como o Cehicon (Centro de Difusão de Tecnologia Hidroceres e Convivium) e lavouras em Santa Cruz do Rio Pardo.

Os visitantes elogiaram as condições do viveiro e parabenizaram a empresa por cumprir todas as normas de qualidade desde o semeio até expedição das mudas.

“Conheço diversos sistemas de viveiros espalhados pelo país e posso assegurar que o da Hidroceres é de primeiro mundo. Dizemos que o viveiro é como berçário e então as condições para as mudas devem ser as melhores, pois se nesta fase elas forem bem cuidadas as chances de termos plantas sadias são maiores”, comenta Prof. Dr. Chukichi Kurosawa.

Para o coordenador da Sakata, em São Paulo, Alexandre Viudes, a visita no distribuidor foi interessante para observar de perto a inovação realizada pela Hidroceres. “Faz com que possamos levar para o produtor melhor visão do produto que seja sustentável e saudável”, comentou.

© 2015 Todos os direitos reservados para NB Produções

Voltar para o topo