Câmara de Ourinhos aprova Lei que estabelece atendimento preferencial a pessoas autistas Reviewed by Momizat on . 02 de abril é a data instituída para comemorar o Dia Mundial do Autismo e a Câmara Municipal de Ourinhos aprovou por unanimidade, na última segunda-feira, o Pro 02 de abril é a data instituída para comemorar o Dia Mundial do Autismo e a Câmara Municipal de Ourinhos aprovou por unanimidade, na última segunda-feira, o Pro Rating: 0
Você está aqui:Home » De Olho na Câmara » Câmara de Ourinhos aprova Lei que estabelece atendimento preferencial a pessoas autistas

Câmara de Ourinhos aprova Lei que estabelece atendimento preferencial a pessoas autistas

02 de abril é a data instituída para comemorar o Dia Mundial do Autismo e a Câmara Municipal de Ourinhos aprovou por unanimidade, na última segunda-feira, o Projeto de Lei nº11/17, que institui o atendimento preferencial a pessoas autistas.
O projeto é de autoria do Presidente da Câmara Alexandre Dauage “Alexandre Zoio” e dos vereadores Abel Fiel e Anísio Felicetti. “É um sentimento de alegria e vitória. Hoje é um dia para as pessoas se mobilizarem em prol dos autistas e conseguimos a aprovação desse importante projeto, que, com certeza, vai ajudar na qualidade de vida dos autistas e seus familiares. São 70 milhões de autistas no mundo e 2 milhões no Brasil. A demora no atendimento gera uma impaciência no autista, que acaba gerando uma crise de ansiedade e outros sintomas que interferem na qualidade de vida”, disse o Presidente.
A nova Lei prevê que pessoas autistas tenham atendimento preferencial em supermercados, farmácias, agências bancárias, correios, lotéricas, hospitais, restaurantes, hotéis, postos de saúde e demais estabelecimentos de atendimento ao público.
“Temos que trabalhar em prol da qualidade de vida das pessoas e esse Projeto de Lei vem nesse sentido. É importante ressaltar que iniciamos a elaboração da propositura graças ao apoio da Professora Mara Cristina, que nos procurou para falar sobre a questão”, contou o vereador Abel.
A Lei estabelece que além dos estabelecimentos darem prioridade no atendimento aos autistas, devem também colocar dentro de suas dependências o Símbolo Internacional do Transtorno do Espectro Autista como forma de garantir o cumprimento da legislação.
Muito emocionado, o vereador Anísio Felicetti, que é pai de um menino de 12 anos autista, agradeceu o apoio dos parlamentares na aprovação do projeto. “Quero deixar muito claro que vale a pena todo o amor e paciência que temos com nosso André, que nos traz tantas alegrias. Deus nos tem dado muita força e sei o quanto esse projeto é importante, pois o autista tem dificuldades em esperar, ficam ansiosos, é difícil para eles aguardar. Agradeço a oportunidade de estar junto nesse projeto e todo o apoio”

© 2015 Todos os direitos reservados para NB Produções

Voltar para o topo